Obrigado!

AlbertoCohen

Na luz que vem de Ti todos os dias,
na prece que recebes ternamente
com divinais perdões e alforrias,
nesta bela manhã estás presente.

Nas esperanças que me deixas ter,
nos meus achados do que foi perdido,
tantos caminhos que vou percorrer,
por Ti sou vencedor e não vencido.

Pela poesia com que abençoaste
passos errantes em que me encontraste,
pela paz que consigo do Teu lado,

Sou filho redivivo, pequenino,
a proclamar que és dono do destino.
Obrigado, Senhor, muito obrigado!

 

 

 

.~.~.VOLTAR.~.~.