O grito
 
 
 
Alberto Cohen
 
 
 
Nem ao menos é todo o desespero,
nem dói a dor antiga, como outrora.
Leve tremor nas mãos, mais um cigarro,
e o cinza a se espalhar pelas paredes.
Que a dor venha doer inteiramente,
tornando-me completo e costumeiro.
A dor que dói um pouco não dói nada,
apenas faz pequeno o sentimento
que um dia foi paixão desesperada.
Volte bem grande, embora ensandecido,
o brilho nos meus olhos, no meu grito,
antes que apague e eu seja esquecido.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tube Denise Worisch
Paisagem Nikita
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
.~.~.VOLTAR.~.~.