Um dia a cada dia

 Alberto Cohen


Hoje é o dia, o único hoje.

O ontem terminou sua missão

e o amanhã é sofisma até tornar-se hoje.

Sobrevivente da noite olha a vida

e abraça-te com ela.

É tua, inteira, como se agora nascesses

sem qualquer pecado original,

somente a esperança a te servir de pele

e os olhos deslumbrados pelo que há de vir.

Lá fora estão castelos e fadas

que podem ser reais,

risadas e soluços que ouvirás pela primeira vez

e o amor que te procura para também nascer.

És de hoje, nas entradas e bandeiras

em busca de sonhos possíveis,

ainda que improváveis.

És, enfim, o primeiro astronauta, no primeiro vôo,

a descobrir se a lua existe ou não.

 

 

 

 

Tube Danya