Participantes

 

 

 

01 - Ilze Soares
02 - Antonio Barroso(Tiago)
03 - Maria Petronilho
04 - Clara da Costa
05 - Mª Vitória Afonso
06 - Marcial Salaverry
07 - Naidaterra
08 - Hebe Silva
09 - Vera Hernandez
10 - Eri Paiva
11 - Roze Alves
12 - Zenaide Giovinazzo

 

13 - Borbollettah Sandra Regina
14 - Isabel Passos
15 - Jose Antonio Azevedo
16 - Luciana Pinheiro
17 - Dany Burgueira
18 - Ervin Figueiredo
19 - Rosenna
20 - Pinhal Dias
21 - Sandra Galante
22 - Luiz G. Bezerra
23 - Nicola Araujo
24 - Marlene V.Aragão

 

 

 

 

 

A Noiva

Ilze Soares

Vestida para casar,
espera a cansada donzela,
sentada, encostada à janela,
o jovem noivo chegar.

Desanimada,
olhos baixos, entristecidos,
vê flores desbotadas,
onde estão canteiros floridos...

O que terá havido?
Terá seu amor desistido?
Pobre noiva abandonada,
sua hora ainda não é chegada.

 

 

A Noiva

Estava linda, a noiva, de branco vestida,
Com o ramo de rosas, no colo, em destaque,
O noivo sorria, com um ar compungido,
Enfiado no fraque.

A noiva sorria às damas de honor
Escolhidas por sua beleza notória,
O noivo só sente que, em seu redor,
Não há escapatória.

De súbito, alguém, com todo o decoro,
Junta-se ao noivo e, em pergunta infeliz,
Inquire pelo tempo, referindo o namoro,
E ele apenas diz.

Ah! Pobre noivo, sem uma voz amiga,
Perante perguntas, maldosas, às vezes,
Olha p'ra noiva, apontando a barriga:
- São só quatro meses!

António Barroso (Tiago)

 

 

 A Noiva

Vai formosa e não segura
cintilante rejubila
alva flor de laranjeira
ardente himeneu
promessa
no auge
da primavera.

Maria Petronilho

 

 

 A NOIVA

Clara da Costa

Sinônimo de branca beleza
de uma "obrigatória" pureza...
Em seus pensamentos,
uma linda fantasia
que a extasia
perante um futuro,
nem sempre real
nem sempre branco,
como o é seu vestido...

 

 

A noiva

Na grinalda de flor de laranjeira
Ia vingada uma laranja
A virgindade tinha sido canja...
Disseram os campónios...
Que parvónios!

Maria Vitória Afonso

 

 

 FESTEJANDO BODAS

Marcial Salaverry

Conhecemo-nos...
Amamo-nos...
Pelo casamento vamos unir nossos destinos,
vamos jurar amor e fidelidade,
esperando sempre conviver com felicidade...
A cada ano que juntos passarmos,
mais e mais nos amaremos,
pois estar juntos sempre, é o que desejamos...
Certamente teremos problemas,
mas deles não faremos dilemas,
pois unidos pelo amor os enfrentaremos,
e assim por eles passaremos...
Nesta data, de nosso casamento,
apenas temos nosso futuro no pensamento,
e levamos bem dentro de nosso coração
o amor que vamos declarar em nossa união...
Sempre assim, de mãos dadas,
nossas almas apaixonadas,
para sempre unidos...
É o futuro que nos desejamos,
pois muito nos amamos...
Conhecemo-nos...
Amamo-nos...
Vamos nos casar...
e que seja para sempre,
até que a morte nos separe...

 

 

 A NOIVA

Em vão esperou a noiva
dias e noites debruçada
na janela...
Pássaros refizeram seus
ninhos para novas ninhadas,
o sol se foi e retornou
como sempre e, como sempre
a noite, as estrelas e o luar
não a deixaram sozinha...
Mas, e o noivo?

Naidaterra

 

 

 A NOIVA

Vestida de branco
Ela vai para o altar...
Nos braços do noivo
Ela quer se atirar
Não ve a hora
Do padre falar
Agora a noiva
Você pode beijar...
A noiva sorri
De pura alegria
Pois logo ali
Diante de todos
Ela dira o sim
Que vai unir o destino dela
E do homem que ela escolheu
Para ser seu...

Hebe.
14/11/2008

 

 

A NOIVA

Vera Hernandez

Vestida de branco, lá
vai você, bela noiva,
cheia de planos e emoções.
Desejo a você, bela noiva,
um casamento perfeito...
Repleto de muito carinho...
De muito amor...
De realizações...
De planos feitos juntos
e bem divididos e vividos.
Seja feliz, linda noiva...
Jogue suas flores
desejando à todas
que vão receber
a mesma felicidade
que hoje habita em você.
Linda noiva, não esqueça,
tenha filhos...
Vários e seja feliz
com os filhos que DEUS
lhe der.
Procure se eternizar neles...
Procure vê-los sorrindo sempre...
Procure ser feliz com sua família
e faça dela seu altar.

 

 

A NOIVA

Eri Paiva

Radiante, esperançosa,
Nas mãos, um buquê de rosas
De agradável perfume,
Espraiando-se pelo ar,
Desfila, no átrio da igreja,
Qual se fora uma princesa
Em direção ao altar,
A noiva, que neste dia,
É mais que tudo beleza
Para quem atrai de todos
Sua atenção, seu olhar.

Vestido branco, impecável
Sob um corpo maleável,
A passos metrificados,
Combina adorno invejável,
Em guirlanda de perolados
Botões tipo gota d'água,
Que de translúcido brilho
Parecem gotas de verdade
Fazendo chover em sua aura
Porções de felicidade!

No altar, o bem amado
Atento aos seus movimentos
Que a conduzem para si
Recebe-a todo enlevado,
Com um doce beijo no rosto,
Segredando-lhe estou disposto
A viver só para ti!

A alma feminina,
Embevecida se inclina
Áquela declaração...
E ali mesmo declina,
Em cima do altar de Deus,
Seu apaixonado coração
Que sob as bênçãos dos céus,
Proclama serei só teu
Agora e até o fim
De todos os meus dias, sim!

Em 19.01.2009

 

 

 A Noiva

Roze Alves

Seu véu a encobrir sua beleza
Será que tem mesmo certeza?
Seu andar lembra as damas da nobreza
O vestido branco representando sua pureza
E a tiara que prende o véu a sua riqueza
Que você seja feliz, dona do seu nariz
As mocinhas suspiram de emoção
Que esteja em paz seu coração
Muitas queriam estar em seu lugar
Mas hoje, só lhes resta o seu bouquet pegar.

16/02/2009

 

 

A NOIVA

Zenaide Giovinazzo

O coração é um colibri,
voa pelos jardins do Universo,
suga o mel da esperança,
dança nos braços da ilusão...
Assim sente-se a noiva
iluminada pela paixão!

SP/18/02/09

 

 

A NOIVA

Borbollettah Sandra Regina

Feliz, a noiva
vai se alegrar
e celebrar
o dia de alegria.
Está apaixonada,
fascinada,
quer tomar o seu lugar
e dançar.

 

 

 A NOIVA

Isabel Passos

Brilhava de felicidade, a noiva, toda de branco vestida,
ele a esperava na igreja, numa ansiedade desmedida...
Depois de muitas contrariedades e proibições,
seus sonhos se realizavam, com grandes emoções...

Juntos caminham para fora da igreja, ditosos,
com pétalas de flores caindo sobre os noivos radiosos.
Este feliz desenlace, pede o entrelace de seus corações,
almas cúmplices, e, aceitando da vida as desilusões...

A noiva, feliz vai ser, se souber sempre regar a plantinha do Amor...
o noivo deve bem cuidar de sua amada querida, com todo ardor...
Para júbilo de ambos, com muito Amor, a prole aumentará...
Filhos, netos, vão chegando... E assim a vida seguirá...

 

 

 N O I V A

Lá vai ela, faceira e orgulhosa
Ao caminho do seu noivado
Para se tornar moça famosa
Do seu príncipe encantado.

Desde garota, com esta intenção
Perseguiu o nobre objetivo
Levando consigo no coração
Este desejo bem afetivo.

Ao conseguir um namorado
Deu ela o passo primeiro
Para o sonho tão esperado
Com um moço faceiro.

Pensando num bom marido
Alguém com muita elegância
Um homem bastante garrido
Desde o tempo de criança.

Chegando o momento fatal
P'ra realizar o casamento
Era dezembro e,no Natal
O grande acontecimento.

Noiva linda e perfumosa

Jose Antonio de Azevedo

 

 

 A Noiva

Luciana De D. Pinheiro

Entre véus e bordados, logo ela chega a
surpreender o noivo, e arrancar-lhe um suspiro.
Vem a noiva.
Singela, toda cheia de pompa
e tem no olhar o brilho que desponta
e ilumina a igreja e no altar desponta.
Sua aura é intensa, que nos toma com carinho
e nos mostra no que o amor é capaz de nos transformar.
Lá vem a noiva, linda e faceira,
tranzendo nos olhos o verdadeiro brilho,
no semblante o verdadeiro sorriso
e em sua alma, o que todos buscam...a felicidade de unir dois corações e seguir adiante
irradiando as emoções e o amor
espalhando nos corações.

25/Março/09

 

 

 A Noiva

De branco vestida,
tão bonita!
Pelo pai vai conduzida
encontrar o seu amado
que a espera no altar.
Promessas, juramentos,
muitos sonhos para realizar...
Neste momento,
tudo é só felicidade!
E eu quero apenas desejar
que assim possam continuar
ate que a morte os venha separar.

Dany Burgueira

 

 

A NOIVA

Na brancura casta da sua beleza,
Ela entra solene com suas flores,
Despertando olhar de toda igreja.

No altar tremulando, eis seu homem,
Admirado ao ver este raro momento,
Que todos olhando, a ela consomem.

Desposar- te agora é minha realização,
Compartilho com todos minha felicidade,
Vou fazer- te feliz, será minha devoção !

Te amarei pela vida sem tirar e nem por,
Farei dos nossos dias, canção sem igual,
Podem todos ouvir: assim será meu amor !

Ervin Figueiredo
23/jul/2009 Americana/ SP

 

 

A Noiva

Branco vestido orlado de finas rendas,
ramo de flores vermelhas na mão tremendo...
grinalda de pérolas na testa brilhando.
O noivo no altar espera impaciente...
ela em seu interior segue perguntando-se
o que a espera... será o homem correto?..

Rosenna
Buenos Aires-Argentina

 

 

 A Noiva

De branco
É o seu vestido...
«Exclamam os convidados»
- Algo está garantido,
com luz de felicidade.
«A voz da inocência»
- Será que vai mesmo!?
«Outros»
- Com honra de virgindade!

Pinhal Dias - Amora - Portugal

 

 

 A NOIVA...

Sandra Galante.


Em seus passos compassados chega a noiva ao altar,
As flores de laranjeiras exalam o seu suave perfume,
O tule em seu rosto esconde o brilho do seu olhar,
Resplandecendo o seu sorriso como um lume...

A mão frágil agarra trêmula o buquê de rosas,
O coração em seu peito dispara descompassado,
O seu principe a espera para o encontro das almas,
A noiva cheia de alegria caminha para o seu amado...

É um momento de glória na sua história,
Baixinho a noiva ora pedindo a Deus proteção...
Promete ao noivo amor e fidelidade nesta trajetória.
Emocionada, sente entrar para sempre a aliança em sua mão.

 

 

 A NOIVA...


Vestida de branco
Sorrindo e hoje feliz
Sonha e se encanta
Com o sagrado dia
De entrar na igreja sob o canto
Do amor e sorrisos infinitos
Dos abraços e das emoções
De casar e ser feliz...
Noivar é união de espírito
É saber que logo se casará
Para dividir com o outro a vida
De viver o amor e nele amar.


Luiz Gonzaga Bezerra

 

 

 A NOIVA

NICOLA ARAUJO

Lá vem a noiva
Vestida de branco
Trazendo em seus braços sonhos
Que feito arco-íris
Mesclam com todas as cores
O olhar que fita
O sorriso que desponta
E aponta para o infinito
De uma vida compartilhada
E lapidada em pedra preciosa
Para que se conte a história..

 

 

A Noiva

Depois de amar... o altar! O sonho dourado;
sonhado! Igreja cheia... luzes, flores;
as cores enchem a alma de amores,
vapores; branca renda com passado...

Ritmados passos soam sob andores ;
mentores quietos ouvem sons, de lado
a lado a marcha, o canto, o dia azado,
e o amado a espera, cálido, em suores;

O olhar tem brilho: sol, estrelas... tudo...
Agudo encanto e aquela voz suave
na nave soa: esposo... Aceita... É grave!

Com aves, beijo sai em graça e vê,
e crê: será feliz por muitos anos,
tem planos, filhos, tudo que é Humano.

Marlene Vieira Aragão

 

 

Edição Mara Pontes©

 

.~.~.VOLTAR.~.~.