Participantes

 

 

01 - Ilze Soares
02 - Augusta Melo
03 - Eugenio de Sá
04 - Hebe Silva
05 - Paulo Mello
06 - Beki Bassan
07 - Marcial Salaverry
08 - Dany Burgueira
09 - Clara da Costa
10 - Sonia Salete
11 - Mª Luiza Bonini
12 - Marisa Queiroz
13 - Isabel Passos
14 - Edil Franci
15 - Cida Micossi
16 - Humberto - Poeta

 

17 - Mª Gildina Roriz(Magy)
18 - João Carlos
19 - Dilma R. Suero
20 - Cássia Vicente
21 - Mário Matta e Silva
22 - Magaly Zingaro(Maga)
23 - Mª Lourdes Brecailo
24 - Marlene V. Aragão
25 - Antonio Barroso(Tiago)
26 - Nídia Vargas Potsch
27 - Roze Alves
28 - Poetisa Amadora
29 - Rosamaro
30 - Marilza Calsavara MDLUZ

 

 

 

Escreva-me!

Quando a noite surgir
E todo mundo for dormir
O silêncio vai reinar...
Se voce sozinho ficar
Sem ter com quem conversar
Escreva-me!
Quem sabe posso ajudar...
Quem a solidão sabe dividir
Sozinho nunca vai se sentir!

Ilze Soares

 

 

 

Escrevi

Sozinha não me sentirei,
porque com sua amizade sei que posso contar.
Um bom dia, uma boa tarde e uma boa noite,
fazem sempre a diferença.
Aqui deste lado da telinha, sempre reservo esperanças,
de com um clique, minha dor acalmar,
pois sei que aí do outro lado da telinha,
amigos sempre vão estar alerta,
enviando mensagens de amor,
amizade, carinho e paz.
amigos poetas, amigos com rostos anônimos,
mas conhecidos de minha esperança.
e sempre junto ao meu coração.

Augusta Melo

 

 

Queres mesmo que te escreva?

Não quero maçar-te com a minha solidão,
com os desmandos deste velho coração de poeta,
gasto pelo desamor, pelas traições de amigos
que o não eram,
farto das movimentações tenebrosas da mentira
de quem resolveu mal a sua vida
e depois me verteu o fel por cima, qual lixo absorvente
das suas iniquidades.

Queres mesmo que te escreva?
Não acredito!

Manuel Eugenio de Sá

 

 

 

Escreva-me!

Aos poucos
A noite vem chegando
E o silêncio
Começa a tomar conta de tudo...
Nessa horas
Começamos a prestar atenção
Em algum som
Que possa quebrar esse silêncio
Nada...
Mil coisas começamos a imaginar
Sem ter com quem conversar
A espera do sono chegar...
Me lembrei de você
E comecei a escrever
Esse e-mail
Que voce vai receber...

Hebe.

 

 

Sim, no silencio da noite
te aguardo.
Aguardo o calor do corpo que irá junto a mim
desfrutar da irônica solidão.
Você tem meu endereço,
por favor não demore.
Aqueço meu corpo num cálice de vinho
em teu aguardo.

Solidão não fiques,
outra ocupa teu espaço,
vá embora,
pra nunca mais voltar.


Paulo Mello
23.06.09

 

 

ESCREVO-TE

Obrigada minha amiga,
parece que sabias
que eu precisava conversar.
Acabo de ter um desilusão,
e meu coração está ardendo
como me deste liberdade,
aceito com prazer tua ajuda,
pois sei que dividindo contigo
não farei nenhuma besteira.

Beki Bassan

 

 

A REAL SOLIDÃO

Marcial Salaverry

Apenas podemos dizer que estamos
totalmente sós se,
ao olharmos para o espelho,
não vermos nossa imagem lá refletida...
Nossa alma nunca permitirá
que a solidão nos domine...

 

 

Escrevo

Que bom ter alguem para contar
toda alegria estou a sentir!
Hoje fui promovida,
estou euforica,
sem ter com quem comemorar.
Tenho certeza que voce vai me ouvir
e comigo vibrar,
mesmo que seja na telinha.
Tim, tim, vamos festejar!
Ja não estou mais sozinha!

Dany Burgueira

 

 

 

ESCREVA-ME

A solidão é uma ótima
companheira...
se não gostamos da solidão
é porque não gostamos de
nossa companhia.
Nossos amigos, os sinceros
amigos, existem para completar
essa alegria que é viver.
Você, é uma das pessoas,
que fazem bem ao nosso coração,
tornando a emoção VIDA,
melhor de ser trilhada.

Clara da Costa

 

 

Escreva-me

Sonia Salete

Não suporto esta saudade
Que a distância nos colocou.
Meu peito se enche de tristeza
Ao lembrar aonde a vida nos levou.

Preciso de algo que venha de voce
Pode ser em pensamentos,
Ou mesmo uma carta de amor.
Escreva-me, preciso de teu calor!

24/06/2009 SP

 

 

ESCREVO-TE

"Meu diário"
Hoje, acordei com um não sei que indefinido
Que me dá uma grata sensação de alívio
Por ter sido ontem um dia bem sucedido
Na tarefa de transformar a negritude em nívea
Superando o mal que me torturava
Ao perceber que era só uma ânsia
De ser por ele, a mulher amada

SP.24.06.09
Maria Luiza Bonini

 

 

ESCREVA-ME...

Amor,
Se você sente saudade de meu sorriso,
Dos abraços das noites de outrora,
Dos beijos apertados ainda indivisíveis,
Do fogo ardente das eternas horas,
Que vivemos na reminiscência dos dias,
Saiba que estou convidando a sua alma,
Para juntar-se definitivamente a minha.


Assim, meu bem meu amor e querer,
Imploro com saudade e paixão
Vem ficar comigo e viver
Matar essa saudade curtir esse amor
Que sinto sem sua luz e inspiração,
Que faz meu peito pedir, por favor,
Amor escreva-me...

LUIZ GONZAGA BEZERRA

 

 

 

ESCREVA-ME

Escreva-me por, favor, escreva-me
Nem que sejam apenas duas palavras
Difícil é ficar sem notícias suas
Oh! por favor, não me esqueça
Escreva-me
Nem que sejam duas palavras apenas
"Te amo!"

Marisa Queiroz

 

 

 

PARTILHE COMIGO ESTA DOR!

Isabel Passos

Com você, amiga,
gostaria de partilhar
o mal que me consome:
Saber que tantas crianças
estão morrendo de fome!
Tamanha tristeza
aperta o coração...
Vamos juntos rezar
por nossos irmãos,
para que o Senhor
ajude a suportar a dor...

 

 

Escreva-me

Edil Franci

Escreva-me já que não posso olhar nos olhos teus
Escreva-me, nem que seja para dizer adeus
A tua ausência fere e maltrata
Esse coração que já bate lento
Escreva-me uma carta abstrata
Que traduzirei em sentimento

Antes que minha alma se atreva
A abandonar essa minha carcaça
Eu lhe peço, amor, escreva
Mesmo que o amor tenha tornado-se fumaça

 

 

ESCREVO-TE

Escrevo-te quase todos os dias
Pra falar de sentimentos
Através de minha poesia.

A ti, amiga virtual
Que me envia diariamente
Mensagens de alto astral
Muitas delas comoventes

De minha parte te digo
Que feliz me sinto assim
Espero aconteça contigo
O Bem que fazes a mim.

Cida Micossi, 24/06/2009

 

 

ESCREVO-TE, SIM...

Humberto – Poeta

Se é assim mesmo que queres, eu me atrevo
a dizer-te, meu bem, o quão sofrida
e dolorosa tem sido a minha vida,
conforme os versos que eu abaixo escrevo:
Estas rugas que riscam o meu rosto
são retalhos de dor e de desgosto
que eu tento disfarçar com falsa calma...
São acerbos remendos de amargura
que o meu destino junta e os costura
aos farrapos que restam da minh'alma!

 

 

Escrevo-te!

Maria Gildina Roriz

Escrevo-te amiga...
Para dizer-te da minha amizade.
Ler teus poemas,
Estarmos juntas nas cirandas,
É uma felicidade.
Apesar da letra fria,
Encontrar-te nessa telinha
É sempre uma alegria.
Agradeço a Deus,
Pelas amigas e amigos meus
Que para doar beleza e ilusão,
Unem-se nesse mundo virtual.
Isso faz tão bem ao coração!
Se amigos reais
São jóias raras,
Guardados com devoção...
Amigos virtuais,
São canais de energia
Que excedem nossa imaginação.

 

 

Escreva-me

(João Carlos)

Oi, escreva-me
Tanto tempo faz...
Será que vc se lembra de mim?
Duvido...Acho que me esqueceu
Mas se ainda se lembra
Fale algo, uma simples palavra..
Me enche o coração de alegria
Faça eu voltar ao passado
E rever nosso grande amor.
Amor que se perdeu pelo tempo
Que se perdeu pelos dias corridos
Se perdeu pelo tempo que voa ...
Vamos reviver esse amor
Mesmo que for por um dia
Ou por um simples momento
Mas serão momentos eternos
Que serão para sempre lembrados.
Porque sempre te amei e sempre te amarei.

 

 

ESCREVA-ME

(Dilma Suero)

Não sei porque os poetas
só contam suas tristezas
e raro sentem a beleza
que existe na natureza,
no ser humano, nas flores
na amizade e nos amores...
Por que tanta tristeza?
Por que tanta incerteza?
A vida é bela, acreditem
Porque coisas boas existem
Depende só de você!!

 

 

ESCREVA-ME

Cássia Vicente

Quando a saudade não mais aguentar
o desejo de comigo estar,
o silêncio incomodar a ponto de
ouvir minha voz...
Escreva-me!
Será uma maneira de estar comigo
compartilhando seus sentimentos,
de alguma forma sentirá entre as palavras
minha voz ao teu ouvido.

 

 


PRECISO ESCREVER

Fico sentado num mutismo
Exasperante
Rebobino a vida
Em pensamentos que vagueiam
Sem guarida
Por aí fora, cavalgando
Obliquamente
As horas intermináveis.
Junto a caneta ao papel
Dobro-me sobre a mesa
E faço da imaginação
Um carrossel
Feito de emoção.
Preciso escrever
Para o tempo passar correndo
Num percurso feito e desfeito
De palavras, frases, páginas
Sem desvanecer
Meu mundo de sensações
Que vai descrevendo
Em forma de letra
O que sei ou não sei dizer.
Preciso escrever
Escrever… escrever…

13 de Junho de 2009

MÁRIO MATTA E SILVA

 

 

 

Escrevo

Realmente preciso escrever...
Na calada da noite,
no silêncio do meu quarto,
sozinha escrevo a você.
Um segredo antes de morrer!
Amo você!
Embora não saibas, amo você!
Um amor proibido e escondido.
Amo você !

Magaly Zingaro
(Maga)

 

 


Chamei tanto por você...

M. Lourdes Brecailo

Como gritei seu nome... Amor...
Chamei tanto por você em tantos momentos...
Como eu queria que você me ouvisse...
Mas minha voz sumiu no infinito e na dor.

A dor imensa enrijeceu meu coração...
Enclausurou meus sentimentos...
Tirou a cor da vida e do mundo...
A espera inutil dominou os meus dias.

Ainda hoje...Em muitos momentos...
Sinto imensa vontade de gritar por você...
Calo a minha voz na eterna dor...
Pois sei que você não voltará jamais.

 

 

 

Escreva-me!

Se a solidão te encontrar
Escute o teu coração...
Ouvirá a voz da amizade...
E o calor, terno, da mão
Estendida sem vaidade
Sem nenhuma acusação.

Se a solidão te encontrar
Faça uma avaliação
Vê se o rancor quer se achegar
Provocar humilhação...
Se vai querer te libertar
Soltar-te dessa aflição...

Se a solidão te encontrar
Ouça alguém ao telefone
Que está pronto a te escutar
Não precisa dizer o nome
Já comece a conversar
Pra que não fique tão insone.

Se a solidão te encontrar!...
Esconda-te no papel...
Leia seus versos de amar
de olhos voltados pro céu...
que com certeza a guiar
como tantos estão ao léu

Se a solidão te encontrar
Não se esqueça de escrever
As sensações que emana
Escreva pra não sofrer
Pro teu coração acalmar.
Escreva, meu bem querer!

Marlene Vieira Aragão

 

 

Escreve-me

Escreve-me, nem que seja uma palavra apenas,
que mesmo assim, cada letra eu beijarei,
mas se quiseres, manda-me um romance
com frases curtas, suaves, amenas,
que faça com que sonhe, com que dance
ao som daquela valsa que tanto adorei
quando o mundo, então, nos pertencia.
Tua letra de tão fino rendilhado,
são saudades de envelope perfumado
pelo odor de mil flores, na travessia.
Na paz que a tanto custo, eu consegui,
Escreve-me uma frase, uma só linha,
E deixa que ela seja uma adivinha
Para eu decifrar, pensando em ti.

António Barroso (Tiago)

 

 

Escreva-me!

Nídia Vargas Potsch

Frio nas entranhas, chuvinha miúda
a martelar minha janela, constantemente ...
Vagalumes imaginários iluminam a noite
vagando pelo espaço infinito dos céus ...
Cruzo os braços, largo a pena ao Deus dará,
não desejo mais versejar, para quê? Para Quem?
Observo luzes longíquas a flutuar como que em bandos,
a iluminar a escurudão que se fez lá fora e aqui dentro.
Mas, o amor sobrevive a tudo, ainda que sem notícias suas,
mesmo com este hiato criado a nos separar,
retratado sem retoques finais ...
Então, por favor, escreva-me!

 

 

Escreva-me

Roze Alves

Não te negarias, podes escrever querido
Sempre dividimos tudo que juntos vivemos
Sou amiga, não importa que tenhas te ido

Conte-me tuas novas e desejadas conquistas
Estarei aqui, no aguardo de tuas vitórias
Sabes o que queres, fizeste tua longa lista
Sim, ficarei bem, mato meu amor por ti
Me contentarei apenas com tuas escritas

RJ: 21/07/2009

 

 

Escreva-me...

Nem que seja um Adeus,
Preciso saber dos sentimentos teus,
Se ainda posso continuar te amando.
Se posso em ti pensar,
Em nossa cama outra vez deleitar,
Embriagada pelo doce amor.
Escreva-me....
Ainda espero,
Num simples papel,
EU TE AMO.

Poetisa Amadora

 

 

ESCREVA-ME.

Estou tão preocupada,
Com teu silêncio profundo,
Sou mulher apaixonada,
Quero dar saber ao Mundo.

Com grande satisfação,
Falar-te do meu amor.
Escreva-me por favor,
Quero sentir a emoção,
de ter-te junto comigo.
Pois quando me dás notícias,
Expressando teu carinho,
Dás-me ânimo pra viver,
Sorrindo com alegria,
Rompendo com esse castigo,
Que tanto me fez sofrer.

Rosamaro

 

 

 ESCREVA-ME!

Escreva-me palavras de amor,
Palavras de carinho,
Escreva em poesia,
Toda a magia,
De um céu estrelado,
De um coração enamorado,
Numa alquimia de luzes e cores,
Esse sentimento alado,
Que é estar enamorado...

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

 

 

Edição Mara Pontes©

 

.~.~.VOLTAR.~.~.