Participantes

 

 

01 - Ilze Soares
02 - Duda Cagnani
03 - Mª Thereza Neves
04 - Heloisa Abrahão
05 - Thais SFrancisco "beijaflor"
06 - Marcial Salaverry
07 - Hebe Silva
08 - Malu Novo
09 - Sonia Salete
10 - Vera Hernandez
11 - Beki Basan
12 - Liliana Josué
13 - Isabel Passos
14 - Cel Carvalho
15 - Antonio Barroso(Tiago)

 

16 - Helena Luna
17 - Analuz Sangiorgi
18 - Mifori
19 - Augusta Melo
20 - Antº Cícero da Silva
21 - Rosamaro
22 - Tarcísio R. Costa
23 - Milla Pereira
24 - Meg Klopper
25 - Luiz G. Bezerra
26 - Ervin Figueiredo
27 - Dilma Suero
28 - Luiza Benício
29 - Naidaterra
30 - Cássia Vicente
31 - Cida Micossi

 

 

 

Poeira de Sonhos

Ilze Soares

Adormeço aos pés de estrelas,
descanso desejos, paixões...
Meu sonho no espaço flutua,
luminoso como as constelações...
O sol, em poeira consegue transformá-los,
sobrando apenas a realidade crua...

 

 

Poeira de giz

Deixar ociosos espaços vazios,
Hiatos de tempo em fastio,
Promover um amor óbvio,
Mas em distância inglória,
Cansar de resguardos afanados,
Vontades gritantes em gestos inacabados,
Impossível delírio de quereres ainda puros,
Olhares desnudos,
Desvendar omissões aleatórias,
Desejar para si atitudes notórias,
Vão-se assim dias a fio,
Faz-se delicada uma história em giz.

Duda Cagnani

 

 

Letras, Poeira de Estrelas!

Maria Thereza Neves

Ofuscando imagens
viagens
espaços
melhor transparecer enigmas.

Nada que iluda
seja vago
ou imerso, obscuro.
Quem sabe líricas pipas coloridas

em montanhas da alma
ou apenas espalhar letras
como suave poeira de estrelas!

 

 

POEIRA DOS SONHOS.

Heloisa Abrahão.

Caiu a ficha, chega de distrações.
Por ser romantica, viajei.
Desejei sonhos impossíveis.
A minha loucura se desfez.
Sem ressentimentos,
Sem dose de culpa,
Buscando a verdade me perdi.
Voltar é caminhar duas vezes.
Nesta estrada vi meus sonhos,
Numa encruzilhada, se desmanchar.
Quem se deliciou, teve sua paga.
Vou essa poeira dos sonhos aspirar,
Só pra jogar no mar, e sorrir...
Nunca deixarei de amar.

(SC-26-05-09).

 

 

Despertei nesta nova manhã
ainda trazendo das constelações,
a luz!
Os sonhos coloridos que sonhei
enquanto eu dormia aos pés das estrelas,
despertam comigo, prontos para
que a luz do Sol, neste novo dia,
os transformem em realidade!...

Thais "beijaflor"

 

 

SONHAR E AMAR

Marcial Salaverry

amar é sonhar...
sonhar é amar...
sonhamos que amamos...
amamos quando sonhamos...
o amor é um sonho...
gostoso... risonho...
Amar é sentir prazer,
no simples ato de ver...
Com um simples olhar,
um ligeiro tocar...
pronto, estamos a amar...

 

 

Poeira de sonhos

Por diversas vezes
Acabamos por matar
Nossos sonhos
Por medo de seguir
Finalmente
Deparamos
Com tudo o que mais desejamos...
Às vezes...
Um instante
Muda a sua vida
Estasiados de prazer
Poeira
Que se desfaz...
E uma força
inexplicavel
Faz o coração bater!

Hebe.

 

 

Poeira dos sonhos

Meus sonhos de amor
Perderam-se na poeira
Viraram fragmentos
Pedaços de estrelas
Dilacerados na galáxia
Partiram-se
Em trilhões de estilhaços
Vidrilhos
Espalhados pelo espaço
Tudo isso porque te perdi...

Malu Novo

 

 

Poeira de sonhos

Sonia Salete

Como pérolas soltas
Caíram ...
Sumiram todos os sonhos,
Na poeira da ilusão
Fizeram-se invisíveis
Deixando vazio meu coração !

28/05/2009 SP

 

 

POEIRA EM MEUS SONHOS

Vera Hernandez

Não me faça sentir que meus sonhos
nunca serão realidade...
Deixe-me sonhar...
Deixe-me pensar que sou amada
e que muito amo.
Não coloque barreiras onde não existem.
Deixe estar...
Sou assim...
Romântica...
Sensual...
Erótica, muitas vezes...
Amante...
Companheira...
Amiga...
Doce...
Suave...
Carismática...
Livre para voar...
Linda para amar...
Leve para sonhar!
Esse não coloque poeira em meus delírios...
É realmente loucura de mim!
PS: EU TE AMO

 

 

SONHOS

Beki Bassan

Assim que adormeço,
Tenho lindos sonhos
coloridos como um arco-iris,
que envolve todo meu corpo
com luzes brilhantes.
Isto só pode ser amor.
Pois através dos sonhos.
nosso eu interior nos mostra
a beleza de amar.
Meus sonhos não tem poeira
são claros e límpidos.
29.05.09

 

 

POEIRA DE SONHOS

Olhei para além do meu Eu
adormeci no calor da ilusão
de ser alguém
que um dia pertenceu
a um mundo de densa cor.
Desilusão!
Apenas fui restos tristonhos...
poeira rasteira de sonhos.

Liliana Josué

 

 

POEIRA DE SONHOS

Isabel Passos

A meu lado tinha o amor,
para mim, sincero e leal;
um sonho que se tornara real...
A paixão da lua me contagiava,
com o brilho das estrelas, de alegria, cintilava.
Estava a viver, realmente,
o sonho que julgara impossível.
Voltar a amar, e ser amada de verdade,
agora, já com maturidade.
Com o passar do tempo, veio a desilusão!
Foi como se me faltasse o chão...
A minha imensa paixão não era correspondida...
Triste e magoada, os sonhos se transformaram em poeira...
Poeira de sonhos... para sempre em minha alma ficou...

 

 

Poeira de Sonhos

Cel (Cecília Carvalho)

Olhando voces lá no céu
adormeço querendo te-las
apenas sonhos que se perdem ao léu
como poderia eu ter estrelas ?
Qual magia brilham tanto
e se apagam com a poeira dos sonhos
quando desperto me espanto
de não te-las mais no meu céu ...

 

 

Poeira de sonhos

Quedei-me a ouvir
os murmúrios da cascata.
Eram palavras soltas
para construir poesias.
Não soube apanhar o eco das vogais
transportadas no vagido do vento,
e o súbito silêncio
fez desmoronar o mundo de fantasias
que eu teimava em erguer,
só com consoantes.

António Barroso (Tiago)

 

 

POEIRA DE ESTRELAS

Entre as estrelas me perco
sonhando, ás vezes, acordada.
Na poeira desses sonhos
me deixo ir, me abandono
e vôo livre, liberta,
na escura madrugada.
Como é bom sonhar com elas,
mas quem sonha com estrelas...
Ah! Tem alma de poeta.

Helena Luna

 

 

SONHOS....

Analuz Sangiorgi

Sonhos viajados,
alguns não percorridos,
nem todos sonhados...

 

 

POEIRA DE SONHO

Mifori

Foi uma poeira de sonho
sob a lua acetinada,
que tristonha
trouxe-me a brisa.
Nessa poeira descobri
o Sol dormindo no poente.
Numa atitude comovente
ela o despertou.
Minha alma se abriu
para uma nova vida.
A vida de sonhos e poesias!

(SP: 17-06-09)

 

 

Poeira de Sonhos

Quero me envolver na magia da noite,
e deixar sair pelo ar,
a poeira de meus sonhos,
e aí então,
misturar meu desejo,
com este pozinho dourado,
cheio do brilho das estrelas.
Quero me lambuzar desta poeira,
que irá juntar-se a poeira de seus sonhos,
quero misturar este nosso brilho,
que ofusca a lua,
quando estamos juntos.
Porque nosso amor é fino e delicado como nossos carinhos,
e transparente como a verdade...
mas ...
brilha como a poeira de sonhos.

Augusta Melo

 

 


POEIRA DE SONHOS

Antonio Cícero da Silva

Tudo se transformou em poeira
o que eu tanto sonhei.
Não sei se por distrações,
ou por tantas importunações...
muito sonhei com ela estar,
em momentos tão lindos...
mas isto nunca aconteceu
e simplesmente perdi-me no espaço,
e quando acordei para a realidade,
reconheci que jamais, a nada conseguiria
e em poeira, meus sonhos,
subiram ao mais alto espaço...

 

 

Poeira

Roseli Busmair

Da terra levantou um redemoinho
formando essa poeira obscura,
que anoiteceu a visão ao longe ninho
no caminhar pela estrada escura

Vão-se dispersando em cada curva
de saudade, indiferente do caminho
vem nas poeiras e o horizonte turva
olhar e esperança, se entorna o vinho...

Poeira d'um já esquecido passado
Poeira d'outra estrada, outra caminhada
Poeira foi empoeirando, o tudo e o nada!

Percorro ora uma bela e nova estrada
Onde sou mais feliz, me sinto amada...
Ventos! Não empoeirem o meu amado!

 

 

POEIRA DE SONHOS.

É gostoso de sonhar...
Quando estamos divagando,
Tudo parece brilhar,
Com estrelas cintilando.
E a bela luz do luar
Parece acariciar,
A leveza dessa mente,
Que se permite sonhar,
Com seu amor tão presente.
Mas tudo ficou tristonho,
Só poeira ficou no ar,
Ao despertar desse sonho.

Rosamaro.

 

 

Poeira de Sonhos

Adormeço...
Repete-se o mesmo sonho.
Ao acordar, vejo o mesmo mundo,
Ouço sorrisos e gargalhadas,
Barulho dos pratos,
A sirene toca,
Não há ninguém...
Enquanto, assim o mundo rola,
O meu coração chora
Quando penso no meu sonho...

Tarcísio Ribeiro Costa

 

 

POEIRA DE SONHOS!

Dormi...Sonhei!
Você era você
E eu ainda o queria...
Em minha cama - à beira
O sentimento jazia
Com a força do querer.
E nossa paixão antiga
Sem traumas, sem brigas.
Despertei...
Os sonhos se foram
E para onde – nem sei!
Eram apenas poeira...

(Milla Pereira)

 

 

Poeiras de mim

- Meg Kloper -

Sento calada na calçada
Olho os passantes e a vida em si.
Vejo o que as pessoas tranmitem:
Pressa, incerteza, ansiedade...
Muitos tem cara de tristeza,
outros de liberdade.
A maioria me passa a saudade
de um tempo que se foi...
Sem gula, astúcia, dor d'alma e maldade,
parei um instante e olhei para meu eu.
Percebi que também estava em meio
ao grande turbilhão da disputa de
um lugar ao sol, ao vento, de tudo enfim.
Levantei, sei que sonhava acordada e
disse: Recomeçar.
Então, sacudi o corpo e senti que era a hora de
reiniciar a trajetória, tirando as poeiras de mim.

 

 

Poeira de Sonhos

Nas telas envelhecidas
As marcas do tempo tremulam
Em borrões um aqui outro ali
Falando de mim ao mundo.
Velhas telas pintadas de encantos
Carrega consigo a poeira dos meus sonhos...

Luiz Gonzaga Bezerra
18/6/2009 09:19:56

 

 

POEIRA DE SONHOS

Esqueci preconceitos tacanhos,
Pesadelos de calibre medonho,
Me refazendo na forma e tamanho,
Apesar de ainda ser um tanto bisonho,
Apagando da mente o que era estranho
E construí minha vida com poeira de sonhos !

Ervin Figueiredo
18/jun/2008 Americana/SP

 

 

POEIRA DE SONHOS

Sonhos, Sonhos
Paixão
Sonhos, Sonhos
Emoção
Sonhos vividos
Sonhos sonhados
Sonhos empoeirados
na prateleira da vida
perdida...

Dilma Suero

 

 

POEIRA DE SONHOS

Luíza Soares Benício de Moraes

Que fizeste de teus sonhos?
Na tua lida ferrenha
Idealizando sonhos
Por toda a tua vida.?...
Juntaste um rosário de amostras
Até a música sonhavas
Tuas máquinas, inventadas
Artisticamente fluíam
E nos teus artesanatos
Enfeitavas teus trabalhos
Dando vida aos teus sonhos...
Ao fim porém dos teus dias
Embora te seguissem a vida inteira
Teus sonhos se transformaram em poeira
Nos museus da tua lida!

 

 

POEIRA

Naidaterra

A vida é poeira que se defaz
no tempo e renasce
através dele...
Meu sonhos são poeiras
que sopro para o mundo
que quero pra mim...

 

 

POEIRA DE SONHOS

Cássia Vicente

Estou lendo um poema ao meu amor
como forma de declaração de amor.
Ele sorri e diz sim aos meus versos.
Acordo, suada em baixo do cobertor.,
restou apenas a poeira de um sonho bom.

 

 

POEIRA DAS ESTRELAS

Eu amei
Tão intensamente
Sorri e chorei
Tornei-me descrente
Não houve um final
Desse amor unilateral
Pois nem chegou a ser
Mas sei que um dia vou lhe ver
Se não neste plano
Já estou arquitetando
Nosso encontro à luz de velas
Na poeira das estrelas.


Cida Micossi, Santos, 06/07/2009

 

 

Edição Mara Pontes©

 

.~.~.VOLTAR.~.~.