PARTICIPANTES

 

01 - Ilze Soares
02 - Naidaterra
03 - Isabel Passos
04 - Marcial Salaverry
05 - Silvino Potêncio
06 - Mª Thereza Neves
07 - Mª Zelia Gomes
08 - Malu Novo
09 - Dilma Suero
10 - Cida Micossi
11 - Dany Burgueira
12 - Zenaide Giovinazzo
13 - Magaly Zingaro
14 - Marinez Stringheta
15 - Antonio Barroso(Tiago)
16 - Mª Olga de O.Lima
17 - Mª Jose Zovico
18 - Malu Otero
19 - Elisa Alderani
20 - Rosenna
21 - Clara da Costa
22 - Lucio Reis
23 - Fernando A.S.Couto
24 - Fatima Abrantes
25 - © Joaquim Marques
26 - Beki Bassan
27 - Penhah Castro
28 - Junior Pereira Almeida

 

 

Minha Praia

De todos os cantos do mundo,
Existe um bem especial,
Pelo qual nutro amor profundo,
Como nenhum outro igual!
É uma praia bela e natural,
Sem resquício de civilização,
Onde me encontro com o mar,
O céu e o ar,
Na mais pura descontração!

Ilze Soares

 

 

Minha Praia

É um canto onde eu posso
ouvir cantar meu coração
num compasso perfeito.
O vento brando, acaricia e conta
segredos do mar e a lua,
suspira quando ele fala dela,
seu grande amor...

Naidaterra

 

 

A MINHA PRAIA

A minha praia faz-me sonhar!
Sentada na areia, desfruto
de visão deslumbrante:
A imensidão do mar,
tenebroso e arrogante,
e o céu, sumptuoso e delicado,
por aquela linha subtil, separados.
Em gostoso e relaxante recato,
escuto o barulho das ondas,
e da brisa que minha pele acaricia...

Isabel Passos

 

 

NAS ONDAS DO MAR

Marcial Salaverry

Sou um barquinho à deriva,
e aquela onda esquiva,
para onde irá me levar?
Não importa, o mar, é meu lar...
Nas ondas do mar a flutuar,
sempre a devanear...
Amar o mar...
No mar, amar...
Na praia a passear,
ouvindo o marulhar...
Suave ruido do mar,
em nossos ouvidos a soar...
Brisa marinha a nos fustigar,
para o calor amenizar...
"É doce morrer no mar,
nas ondas verdes do mar",
Já disse Caymmi a musicar...
O mar... é feito para amar...
Em suas ondas se entregar...
Feito para sonhar...
Mesmo num barquinho a flutuar...
À deriva, sem saber onde chegar...
 

 

“ Ali... na beira da praia!...”

- Ali na beira da praia, onde a onda se desmaia!...Falente de emoção, como a cantar a canção,...Da Lua... que lá do alto, gira-mundo em sobressalto! Dia e noite sem cansaço, se deita naquele regaço...
Da praia que me faz saudade,Dos tempos da tenra idade... Onde o amor não tem preço, Nem sequer a cor eu conheço!
Das nuvens que ali me cobrem, de beijos...
Ali na beira da praia... Eu mereço!!!Que até, de mim mesmo eu esqueço!...
Do Sol da cidade escaldante, em desejos... E da tua silhueta sem turbante,...Vai fundo, que eu sou teu amante!...

Ali na beira da praia, onde a areia se aquece!...- Onde a memória me enriquece, este baú de saudade.Do tempo da tenra idade, em que tudo era vontade...De amar!... de cantar!,... de espraiar... os sonhos do meu olhar!
Este calor de “ófurô”,Que aflora e diz ser o teu amor, Que se esvai, e que se apaga... nas ondas do teu estertor!

Ali na beira da praia, onde a onda se desfolha...Se enrola... e se desdobra, qual languidez feito cobra, Por entre os poros e pêlos, que cobrem todos os zelos!... - Que me chegam de cá de dentro, Do peito, e da minha obra!...
Qual morada da Sereia que ali!!!!!!...- ali na beira da praia, onde a onda se desmaia...Castelo de Areia eu levantei, em pensamento,- É... onde eu vivo este momento!

Autor: Silvino Potêncio – Natal/1980
http://www.silvinopotencio.net/

 

 

Minha Praia...

minha poesia
desliza em ondas suaves
na areia morna se espalha
acariciando lembranças...
inspirando o poeta... sempre
ao cair do sol ,
ao acordar a lua
salpicada de estrelas !

20/09/2012
Maria Thereza Neves

 

 

PRAIA AZUL

Maria Zélia Gomes

Perco o meu olhar
Neste vasto mar
De ondas revoltas
Como aves soltas
Voando no céu …
A noite de breu
Escura, sem luar
Vem, bem devagar
Para me espreitar
Ver-me, deleitada
Na praia, deitada …
Ao meu lado o vento
Escuta um lamento
E, nesse momento
Esqueço o meu tormento …
Neste imenso mar …
Perco o meu olhar!

Praia Azul
10.07.1994

 

 

Minha praia

Minha praia tem gosto
De vento salgado
Que respinga
No rosto corado

Minha praia tem ondas
Que vem e vão
Na espuma em turbilhão
Quebrando na imensidão

Minha praia tem maresia
Que exala da areia macia

De dia, minha praia
Tem também um céu todo azul
À noite tem cruzeiro do Sul
Tem o sol que se põe no horizonte
Quando a lua surge detrás do monte

Tem beijo apaixonado
Do namorado
Moreno de corpo queimado
Minha praia tem magia
Feitiço, melodia e poesia...

Malu Novo

 

 

MINHA PRAIA

Minha praia é secreta,
tem areia cintilante,
o mar é tão verdejante,
limpo, ondas relaxantes.
Só quem a conhece sou eu
e meu secreto amor,
nosso local preferido
para juntos, nadar, brincar
e depois fazer amor!!

(Dilma Suero)

 

 

Minha Praia

Minha praia de larga faixa de areia
Não perde a singeleza e a essência
Nela a Natureza se faz presente
Energizando sempre nossa vivência.

É na praia que todos se igualam
Onde o Sol para todos sorri
Em minha praia, a alma se acalma
E o sentimento de plenitude se pode sentir.

Cida Micossi

 

 

Minha Praia

Minha praia não é deserta,
tem bastante movimento.
Mas uma coisa é certa,
ela é linda, de água transparente
e tépida, areia branquinha,
onde as ondas brincam aos pés da gente.
Tem crianças, famílias,
mulheres esculturais
ao sol se dourando
e homens sarados
jogando charme e paquerando!
Quando o sol se põe no horizonte,
é um espetáculo único, grandioso,
de cores exuberantes!
Nas noites de lua cheia,
tem luau, música, muita alegria
e inspiração para minhas poesias.

Dany Burgueira

 

 

MINHA PRAIA

Zenaide Giovinazzo

A praia que tanto amo
faz parte da minha infância,
nela sonhei muitas vezes
fantasias de criança...
Vi sereias e piratas,
vivi amor de verão,
minha praia ainda existe
aqui, no meu coração...

SP/20/09/2012

 

 

Minha Praia

Sentada na praia do Itaguá,
fico admirar a imensidão do mar!
Horas e horas ali parada a sonhar,
com meu amor que as águas levou.
Olhando as ondas do mar,
tristonha fico a pensar,
logo lágrimas começam a rolar.
Porque meu amor se foi
nas ondas deste mar?
Aqui estarei a te esperar
um dia você voltar!

Magaly Zingaro
(Maga)

 

 

Minha Praia

Minha praia...
Recanto que é só encanto
Verso, Poesia, Amor e Magia
Onde Sol e Lua
De mãos dadas, passeiam
A terra encontra o mar
Em branca areia
E eu...
Sou de teu coração a sereia.

Marinez Stringheta/Mara poeta
Botucatu/SP
21 de setembro de 2012- 02h35min

 

 

Aquela praia...

António Barroso (Tiago)

Despidos, mergulhávamos no mar,
que a praia era nossa, nossa somente,
iluminada pelo luar
que, sorridente,
pedia aos astros do firmamento
que não perturbassem aquele momento
de dois corpos rebolando, pela areia,
sem cuidarem do rendilhado
que a onda da maré cheia
traçava, ao se desfazer,
com todo o seu debruado.

E o luar acenava,
com um ar de cumplicidade,
para aquele quadro de dois amantes
cansados, arfantes,
mas envolvidos no prazer
dos corpos unidos, como se um só fosse,
nesta praia deserta que iluminava.

Os beijos eram salgados,
mas tinham o doce
das línguas que se penetram, sem pudor,
e os corpos, molhados,
luziam naquele luar de amor.

O tempo corre, com celeridade,
e anda, e anda, e anda…
depois...
só fica a saudade…
…Luanda!...

Parede - Portugal

 

 

Minha Praia

Quando estou na minha praia
Faço meu coração cantar...
Eu me solto... Eu me relaxo...,
Contemplando o azul do mar.
Se as ondas me pegam
E me dão banho total,
Fica tudo mais bonito...
Muito mais sensacional;
Colo-me em teu corpo e sinto:
Somos uma alma só!...
Mas na hora de ir embora,
Quando grito:
_ Adeus praia!!...
Penso comigo, baixinho;
_ Ai... Que dó!...

Maria Olga de Oliveira Lima

 

 

NA PRAIA

Deixei pegadas na praia,
Onde fomos tão felizes!
Quando à tarde o sol desmaia,
Banha minhas cicatrizes!...

Maria José Zovico (Zezé)

 

 

Minha Praia

É tão minha e tão de todos:
Acolhe a alma, lava as dores.
Quando a vejo, já sou outra
E percebo a transcendência
Do existir, abandono as mágoas
E navego ao sabor das ondas,
Me deixo arrastar por elas,
Me deixo levar sem resistir
Ao encontro de meu bem querer.

Malu Otero

 

 

PRAIA DESERTA

Quando o deserto da solidão me invade
Os pensamentos vagam como nuvens
Empoeiradas pelas lembranças....
Perdidos, na areia branca da praia
Milhões de porquês
Enchem todo o vazio.
No vai e vem das ondas
Voltam às emoções perdidas.....
Sem respostas
Pelo amanhã da vida!

ELISA ALDERANI

 

 

NOSSA PRAIA

Com a espuma branca
bordei teu nome na praia...
ondas salgadas acariciam a areia,
são minhas mãos
procurando teu rosto...
o mar azul-turquesa as vezes calmo
representa teus olhos.
A solidão tomou conta de mim...
estou com saudades de minha praia,
tua praia...nossa praia!

Rosenna
Buenos Aires-Argentina

 

 

MINHA PRAIA

Depois de muito "voar", pousei na Praia de Pipa,
uma terra que acolheu esta gaúcha que ama
o mar, a natureza
e, este sol o ano todo.
Pipa com suas praias paradisíacas,
atrai pela beleza de suas dunas, baías,piscinas
naturais...e muita paz!
Um lugar onde se misturam nativos e gente de todas as partes do mundo,
que se encantam com a magia deste
lugar maravilhoso...!

Praia de Pipa, a minha praia...canto prá você:

"Quando Deus te desenhou,
ele estava namorando... na
beira do mar...!"

Clara da Costa
Praia de Pipa/RN

 

 


Minha Praia

É extensa, arejada e enfeitada
Usa colares de espuma marítimas
E pulseiras de ondas azuladas
Acaricia-me com morno carinho
Beijando-me o corpo como amante desejada
Conduzindo-me à doces estações sonhadas.

Lúcio Reis

 

 

MINHA PRAIA

Desde quando tu partiste,
fiquei perdido, sem rumo,
mas seguindo a estrela guia
e, com o meu coração triste,
querendo dizer que te amo,
encontrei-te em minha praia.

SP – 27/09/12
Fernando Alberto Salinas Couto

 

 

Minha Praia

É ali, naquela praia
que posso repousar
Deixar meu sonho voar
de encontro ao seu
Fazer das gotas do mar
intensa emoção
Relembrar nossa suave canção
Minha praia...

Fátima Abrantes

 

 

MINHA PRAIA

Quando n'areia me deito,
Luar batendo em meu peito,
Em noites quentes de Verão;
Das estrelas no céu a cintilar,
Das serenas águas do mar,
Recebo imensa inspiração...


De conchinhas, faço letras
Meus dedos, são as canetas,
O papel, é a fina areia...
Nela escrevo versos, sonhos...
Uns alegres, outros tristonhos,
Tudo... Que ficou na ideia!...

© Joaquim Marques

 

 

MINHA PRAIA

Costumo muito ir a praia,
final de tarde ver o por do sol,
fazer uma meditação do meu dia.
Sentar na beira da praia e olhar o mar,
e deixar fluir o meu eu interior...
abandono o ego que só atrapalha...
e pensar no que fiz de produtivo,
e também as ações reativas.
Posso afirmar que saio leve,
e retorno para casa a mente tranquila.

Beki Bassan

 

 

MINHA PRAIA

by Penhah Castro

A minha praia é a minha vida
onde encontro alimento
como o sol para me aquecer
a chuva para nutrir a terra
a brisa para me envolver...
Onde acordo espraiada
na minha cama confortável
Onde dou um bom dia esfuziante
e, tomo um café confortante....
Onde digo a cada manhã bem contente
Meu Deus obrigada por este lindo presente....

 

 

MINHA PRAIA

Junior Pereira Almeida

Caminhando sem relutar
nesta areia branca e fina
Olho firme ao horizonte
admirando o azul do céu e o verde do mar
Minha praia enebria
Brisa amena noite e dia
Refrescando pensamentos
Por amor não entristeço
mesmo que haja algum tropeço
e de dor eu não pereço
Nos caminhos que juntos fezemos
restaram apenas lembranças
dessas nossas andanças
de mãos dadas em minha praia
sempre houve sentimentos.

Vitória - ES
24/10/2012

 

 

Edição Mara Pontes©

 

.~.~.VOLTAR.~.~.