PARTICIPANTES

 

 

01 - Ilze Soares
02 - Marcial Salaverry
03 - Luiz G. Bezerra
04 - Isabel Passos
05 - Kedma O'liver
06 - Nicola Araujo
07 - Eri Paiva
08 - Rute Seubert
09 - Marilza Calsavara (MDLUZ)
10 - Sonia Salete
11 - Naidaterra

 

12 - Ze Ernesto Gaia
13 - Vera Hernandez(GAMINE)
14 - Dilma R. Suero
15 - Tarcísio R. Costa
16 - Heloisa Abrahão
17 - Antonio Barroso(Tiago)
18 - Penhah Castro
19 - Marlene V. Aragão
20 - Sandra Galante
 

 

 

 

Noite

Ilze Soares

Noite linda,
limpa,
estrelada,
de qualquer dia...
uma semana qualquer...
qualquer ano...
Simplesmente anoitecida
na cadência da poesia,
num verso encantado,
que ressoa delicado
aos ouvidos da mulher apaixonada

 

 

À LUZ DO LUAR

Marcial Salaverry

À luz do luar,
com certeza,
a mais bela serás...
À luz do luar,
tua paz encontrarás...
À luz do luar,
lá a buscar-me estarás...
À luz do luar,
lá também,
com certeza,
me amarás...

 

 

NOITE...

De beijos e estrelas
Da lua dos apaixonados
Aureolada de pureza
Inebriando a alma
Com sua beleza...
Noite dos amores
O meu e o seu
Nos apertos o calor
Da paixão e desejo
Das chamas e fogo
Entre mim e você.

Luiz Gonzaga Bezerra

 

 


NOITE

Isabel Passos

Com o amor presente
As palavras bailarinas
Dançando ao som das rimas
Poetam alegremente

Se o amor ausente
A alma chora em torrente
Arrastando a inspiração
Ainda que me afoite
De repente se faz noite!

 

 

NOITE

Kedma O'liver

No brilho dos teus olhos
reflexo das estrelas...
Beleza sincera da noite silenciosa
em reverência ao amor que nos espera.

 

 

NOITE

Bela de outono
Quando a lua
Se veste de prata
E valsa perfumada
Por entre estrelas
Orladas de cristais

Nicola Araujo

 

 

NOITE

Eri Paiva

Cada noite é muito longa
Sem a tua companhia.
Minh’alma saudosa remonta
A um passado de alegria.
Para suportar os açoites
Da tristeza e melancolia,
Manda seus recados de amor,
Em forma de poesia!

Em 05. 06. 2010

 

 

Noite

Rute Seubert

Noite fria de inverno!
A chuva cai de mansinho.
Nuvens carregadas encobrem
as estrelas, nem a lua aparece.
Tudo é frio até seu carinho... hoje
parece estar distante.
Tento dirfarçar o desespero que domina minha vontade de
aquecer-me junto a ti.

 

 

NOITE

Noite de estrelas e luar,
Noite encantada...
Noite para amar...

Noite estrelada...
Noite de luar...
Noite encantada, para amar,
Para amar...

MARILZA PEREIRA CALSAVARA
MDLUZ

 

 


Noite...

Sonia Salete

Pés descalços...
Andando na fria areia,
Banhada pelos raios do luar...
Saudades apertando o peito.
Mostrando a solidão,
O vazio no coração
Deixado pela separação..

Aonde anda você...?
Meus dias são vazios,
Minhas noites sombrias
Quero novamente sentir
O aroma da felicidade
Que pairava no meu céu...

Aonde anda você...?

21/06/2010 SP

 

 

NOITE ENLUARADA

Naidaterra

O meu amor cheio de paixão
e eu completamente enamorada...
Distantes da selva de pedra,
libertos em campos verdes,
margaridas ao vento,
céu bordado de estrelas
e o luar nos convida a ficar...
O tempo aguarda, não passa
enquanto nossas bocas
estão uma dentro da outra,
não passa enquanto toca
meu corpo, não passa
enquanto não adormeço
nos teus braços...

 

 

A NOITE

Deus Rá escondeu-se atrás do mar!
A Noite negra voltou estrelada...
Rá descansa pr' amanhã regressar.

Zé Ernesto Gaia

 

 

NOITE

Vera Hernandez
(GAMINE)

E que tal uma noite
pra ter você em meus braços?
E que tal ter seus braços e abraços?
E que tal fazer amor com você, VIDA?
E que tal ter você em meu corpo
cheio de amor para dar?
E que tal me falar de sua tristeza?
Da sua saudade?
Da sua vontade de comigo estar?
Eu sei que você sai pelas ruas vazias,
nos bares da vida à procura de mim!
E que tal parar com isso?
E que tal parar de fazer besteiras?
Se não te mostro o caminho, vais
continuar no que tal ou no etc e tal!
Acorda...
Sacode a poeira...
Vem viver...
Pare de se lamentar...
A vida é bela, vamos viver nosso amor!
Esse "e que tal?"
Essas noites sombrias que vives sem mim...
São minha mais sincera loucura!

PS: EU TE AMO

 

 

NOITE

(Dilma R. Suero)

Serena e morna
estrelas cadentes
amores incandescentes
casais enamorados
mar e onda apaixonados,
garoa caindo
lua surgindo
via láctea magnífica,
ficar embevecido...
Quem não fica?

 

 

Noite (IV)

Noite! Momento de contradição.
Vista sob a visão da poesia,
Ela, é uma mescla de tristeza,
Sonho e fantasia...
Sua negritude nos traz a beleza das estrelas
E a lua agasalha os casais em idílio...
É fonte de inspiração da poesia.

Tarcísio Ribeiro Costa

 

 


NOITE.

A noite - dama de preto,
Convida os amantes
Para momentos especiais.
De conluio com a lua
Trama magias e orgias no ar.
O mar entra em festa e
Faz serenatas com as marolas.
Doce é o resultado desta tramóia,
Os amantes se enroscam,
Os sussuros contagiam...
A dama se veste de prata,
Oferece um espetaculo a mais,
Vai se despindo das cores...
Em matizes de amor se despede
em versos,
E se prepara para sonhar!

Heloisa Abrahão(SC).

 

 

Noite

A noite se aproxima com seus passos
Leves, ténues, que trazem o sossego,
E que junta, no lar, num aconchego,
Amantes que fundem num abraço.

A noite que acoberta, deixa traços
De amizade e de amor, com muito apego,
Nas trocas de carinhos, de amor cego,
Mas também os repousa dos cansaços.

Quando ela, sob o manto das estrelas,
Sentir raios de luar para acolhê-las,
Então, pode ficar mais descansada,

Pois se já viveu canções e poesias,
Vai, agora, ouvir novas melodias
Nos alvores duma outra madrugada.

António Barroso (Tiago)

 

 

NOITE ...

by Penhah Castro

Noite vem chegando soberana
para reinar no reino da Natureza...
Avisando que oferece um céu estrelado
para motivar alguém ao seu lado...
Ainda tem uma lua variante
que ora é cheia
ora é minguante...
Noite que encobre muitos pecados
dos que se sentem abandonados...
Noite que encobre um amor intenso
com carinho imenso
dos que têm coragem de amar...

 

 

Noite

Agora a noite vem toda arteira;
Trás saudade, tristeza, quentes lágrimas
Molhando a escuridão bem faceira!

Escute os ruídos, grilos, sem lástimas!
Sem sonho, olhos abertos, tão brejeiros
Na noite escura sem versos ou rimas!...

Escute o sonho doido do poeta
Indicando sua rima predileta!

Marlene Vieira Aragão

 

 

 Noite...

É noite,penso e rempenso em minha vida.
Serei eu uma mulher ou uma menina ?
Tenho tantos sonhos, ilusões ainda
Na realidade, tudo me fascina...
No silêncio da noite
Busco um amor de verdade
Minha alma carente padece ,fenece
Lágrimas descem em meu rosto de saudade.
No silêncio da noite,
Buscarei realizar meus sonhos
Em meio a escuridão acharei uma luz...
E acabarei com meus tormentos.


Sandra Galante.

 

 

Arte Angela Weikamp

 

Adaptado Por Mara Pontes

 

.~.~.VOLTAR.~.~.