PARTICIPANTES

 

01 - Ilze Soares
02 - Humberto Poeta
03 - Dany Burgueira
04 - Isabel Passos
05 - Marcial Salaverry
06 - Dioni Virtuoso
07 - Antonio Barroso (Tiago)
08 - Clara da Costa
09 - Jose Antº de Azevedo
10 - Malu Novo
11 - Faffi
12 - Fernando Reis Costa
13 - Rita Rocha
14 - Dilma Suero
15 - Eugenio de Sá
16 - Marinez Stringheta/Mara poeta
17 - Mª Zelia Gomes
18 - Lucio Reis
19 - Naidaterra
20 - Cida Valadares
21 - Muriel Pokk
22 - Mª Olga de O.Lima
23 - Gloria Tabet Marson
24 - @lioch@ Cig@n@
25 - Penhah Castro
26 - © Joaquim Marques
27 - Luiza Benício
28 - Junior P.Almeida

 

 

Raios riscam o espaço...
Trovões estrondam no ar...
E eu... quieta em seu braço.

Ilze Soares

 

 

TEMPESTADE

Adoro uma tempestade,
pois é ela que dispersa
o ar rançoso da cidade!

Humberto - Poeta

 

 

Entre trovões barulhentos
E raios luminosos,
A chuva traz alivio ao calor!

Dany Burgueira

 

 

TEMPESTADE

Apesar de raios e trovões a ribombar,
entre beijos e enlaces, ouvia-te sussurrar
o quanto me amavas!

Isabel Passos

 

 

TEMPESTADE DE AMOR

É preciso haver saudade,
para lembrar momentos de felicidade,
numa louca tempestade de amor

Marcial Salaverry

 

 

Quando vem um temporal,
fecho a janela do medo,
acendo a luz da fé

E tudo, tudo volta ao normal...

(Di Virtuoso)

 

 

Tempestade

Se os olhos lançam faíscas
e as palavras voam no vento irado,
há tempestades no coração.

António Barroso (Tiago)

 

 

TEMPESTADE

A suave brisa do amar
veio acalmar, acarinhar,
a tempestade que causa tua ausência.

Clara da Costa

 

 

Tempestade

Depois da tempestade vem a bonança
Diziam os antigos anciões
Após a guerra fica a esperança
E a paz nos nossos corações

José Antônio de Azevedo

 

 

Tempestade

Raios, trovoadas, vento quente
Cai a tempestade e de repente
Você me abraça docemente...

Malu Novo

 

 

Tempestade

Só depois que tudo passou
que eu percebi...
que a tempestade era de amor.

faffi / Silvia Giovatto

 

 

A...Tormenta

Quando surge uma tormenta
E a “presidenta” ignora…
O povo não aguenta: vai embora, vai embora!

Fernando Reis Costa
Coimbra - Portugal

 

 

Tempestade

Ventos fortes são pensamentos
Rápidos quanto um relâmpago
Iluminando a escuridão do firmamento.

Rita Rocha

 

 

TEMPESTADE

Relampejos, chuva, trovões,
vento forte, frio, inundação,
ao partir foi o que ele deixou...
Tempestade em meu coração!

(Dilma Suero)

 

 

Tempestade

Trovões que quebram a calma
Vento e chuva na vidraça
São bálsamos pra minh'alma!

Eugénio de Sá

 

 

TEMPESTADE

Bastou voce reaparecer
E a chama do amor/desejo reacender
Transformando a calmaria em tempestade.

Marinez Stringheta/Mara poeta
Botucatu/SP, 26/09/2012...

 

 

TEMPESTADE

Ilumina-se a cidade
Sob forte tempestade
Chorando em mim a saudade!

27.09.2012
Maria Zélia Gomes

 

 

Tempestade

Estejamos sempre vigilantes
É verdade, pois somos todos navegantes
No rio, mar e oceanos da vida
Por sermos navegantes, somos amantes
E quando menos esperamos, sem dúvida
Uma tempestade envolvente
Nos arremata a tranquilidade do nascente
E transforma-nos em antagonistas até o poente.

Lúcio Reis

 

 

TEMPESTADE

Acalma-te, não sou bambú!
Sou um frágil alecrim.
Ai! tens pena de mim...

Naidaterra

 

 

Temporal

que inunda minha alma
de uma doce saudade
com lágrimas de floral

Cida Valadares

 

 

Tempestade

Muriel Pokk

Por que esta tempestade
que ocorre em meu peito
não cessa?

 

 

TEMPESTADE

Depois do Sol, brisa, felicidade...
Apenas a lágrima, o vazio e a saudade
Agem em mim como terrível tempestade.

Maria Olga de Oliveira Lima

 

 


Tempestade

Tempestade passa,desacordos também;
se esperamos a bonança,
por que não esperar acordos que vêm?

Glória Tabet Marson

 

 

Tempestade

Dos amores e desamores
Das mentiras e verdades
delineadas em crueldades

@liosh@**/ CIG@N@**
Bragança Paulista
30/09/12
23:00h

 

 

UMA TEMPESTADE DE DOR

Uma tempestade se apresenta
no horizonte do meu amor
me alertando com a saudade
de um sentimento que acabou....

Penhah Castro

 

 

TEMPESTADE

De súbito no Universo se vê um clarão
Logo ouvimos o ribombar do trovão;
Às vezes a chuva cai, a terra estremece.

© Joaquim Marques

 

 

TEMPESTADE

De repente, ela chega
Assustando toda a gente...
Com raios, trovões, ventos fortes...
E o medo nos aproxima de Deus!

Luiza Benício

 

 

TEMPESTADE

Ventos... tormentos... vendavais.
Na escuridão da noite raios riscam o céu,
Tempestades que assustam todo ser.

Junior Pereira Almeida
15/10/2012

 

 

Edição Mara Pontes©

 

.~.~.VOLTAR.~.~.