PARTICIPANTES

 

01 - Ilze Soares
02 - Ricarda Maria
03 - Clara da Costa
04 - Mifori
05 - Antonio Barroso (Tiago)
06 - Marilza P.Calsavara
07 - Gloria Tabet Marson
08 - J.Ernesto Ferraresso
09 - Luiz Poeta
10 - Marcial Salaverry
11 - Rita Rocha
12 - Humberto Rodrigues Neto
13 - Wilson de Oliveira Carvalho
14 - Mario Matta e Silva
15 - Odir Milanez
16 - Eri Paiva
17 - Nadir Giovanelli
18 - Mavi Lamas
19 - Ógui Lourenço Mauri
20 - Regina Silveira
21 - Cássia Vicente
22 - Monica Urzúa

 

 

 

Lua Cheia

Ilze Soares

Oh, lua cheia que no céu fulgura,
emitindo raios prateados,
clareando a rua!
Lua dos apaixonados,
que sob ela fazem eternas juras
de amor e lealdade...
Lua bonita de marido ciumento,
que fica rondando em seu alazão,
não permitindo que o sol venha aquecer,
da amada o coração.
Mas como toda mulher,
a lua também é faceira
e quando realmente quer,
não tem o que a detenha!...
De vez em quando, consegue se encontrar
com o sol, seu querido amante
e, em grandes façanhas,
se entrega por inteira!
Oh, lua cheia que no céu passeia,
tenho você como minha companheira!

 

 


Madrinha Lua

Ricarda Maria

Da janela diviso a lua cheia,
meu olhar é como escada.
Ele sobe e logo se incendeia
dentro da noite fria, calada.
A lua me atrai, seduz, me leva
ao mágico e indecifrável poder
de limpar no céu a triste treva,
para agora o luar me acolher.
Trago a minha madrinha lua
para brincar outra vez comigo
e exclamo: peço a bênção sua!
Volto a ser criança e nem ligo:
"Me arranja o pão com farinha,
pra eu dar minhas galinhas,
que estão presas na cozinha."
Ela vem. Pego sua luminosidade
para banhar os meus sentimentos,
trazendo o que tornou saudade,
madrinha dos meus momentos.
A lua brinca de esconde-esconde
dentro das nuvens, não a vejo mais.
Ela foi embora, mas para onde?
Também me oculto nos meus ais!

 

 

LUA CHEIA

Olhei a noite...
a lua esplendorosamente cheia,
é a sutil cúmplice
de uma saudade
de uma melancolia
e, de uma lágrima
que sorrateira cai,
pela face do poeta...

Clara da Costa

 

 

Lua Cheia

Mifori

Quando a lua derramava
sobre nós chuva de prata,
uma orquestra espalhava,
os sons de uma serenata.

A lua cheia que brilha,
no céu azul, com alegria
ilumina nossa trilha,
com amor nos contagia!

(16.10.14)

 

 

Lua Cheia
António Barroso (Tiago)

Mandou a lua nova um raio de luar
na busca dum bom abrigo.
Este, cansado de procurar,
como se fora um mendigo,
e, de tudo, já bem farto,
lá conseguiu arranjar um quarto
que apenas era minguante.
A lua, insatisfeita, de rompante,
exigiu um quarto crescente,
mas esse já tinha um ocupante,
um planeta azul e bem bonito.
Então, com ele, a lua se deitou,
no infinito.
Passam-se as horas, a manhã clareia,
e quando a lua se espreguiçou
do cansaço que sentia,
viu-se ao espelho e quem diria,
já era lua cheia.

Parede - Portugal

 

 

LUA CHEIA

O brilho da lua,
No céu estrelado,
Tem uma aura dourada.
O mesmo olhar
Que eu envolvo a lua,
Eu também coloco
Em torno do amor
Dentro do meu coração.

MARILZA PEREIRA CALSAVARA

 

 

Lua cheia

Lua cheia no sertão
traz saudade até demais ...
São coisas do coração
que não se esquecem jamais.

Glória Tabet Marson

 

 

Lua Cheia...
José Ernesto Ferraresso

Sobre a luz da Rainha da Noite,
encontro-me diante do mar
e você aparece, lua cheia, radiante
com imagens nebulosas, de cor argêntea.
Faz-me embalar em sonhos,
cativar e enamorar com sua luz.
Queria te abraçar, trazê-la para
os meus braços nesta noite misteriosa,
quando jogas sobre o universo,
sua magia e claridade.
Com este brilho ofuscante,
abre meus caminhos, faz-me sonhar,
admirar esta beleza que dá sentido
com este brilho ofuscante,
para abrir meus caminhos.
Faz-me sonhar, admirar essa beleza,
e dar sentido a natureza.

 

 


LUA...LUZ QUE MOVE A FANTASIA

Luiz Poeta

Especialmente para a Ciranda “ Lua Cheia “, iniciada pela sensível e sublime Ilze Soares.

Que se pergunte à luz da Lua o que se sinta...
Que não se minta a emoção de olhar-se nela
E perceber que simplesmente emana dela,
A poesia que o amor sempre repinta.

Que se dilua o sentimento do poeta
No pensamento que evoca a ideia
E que essa lua tenha a alma por plateia
De quem compreende a solidão mais incompleta.

Que se entenda que o amor é uma parte
Desse contraste entre a vida e a arte
E que o pedaço mais modesto de luar

Não é apenas só um tema de poesia,
É muito mais que a luz que move a fantasia
Quando um poeta simplesmente quer sonhar.

 

 

O FEITIÇO DA LUA

Marcial Salaverry

"Lua, manda tua luz prateada
despertar a minha amada"
"Não há, oh gente, oh não,
luar como esse do sertão..."
Lua que traz tanta inspiração,
lua que enfeitiça o coração...
A lua é feiticeira...
Sob o feitiço da lua,
surge a musa de beleza misteriosa...
A lua surge imponente,
aparece de repente,
e nos deixa fascinados,
com pensamentos apaixonados...
Ela tem quatro fases,
todas misteriosas...
Ora com força total,
com seu brilho colossal..
Ora vai minguando,
ora crescendo, impressionando...
Ei-la agora, Nova,
o que nos prova
o poder da força divina,
que tanto nos fascina..
Cercada por estrelas brilhantes,
qual colar de diamantes...
Despertando a inspiração
dos apaixonados do mundo,
que como se fossem meros vagabundos,
dormem a te olhar da rua,
sonhando com a amada toda nua...
Sempre musa, é a bela lua...
Lua feiticeira, lua misteriosa...

 

 

Apaixonada pela Lua

Rita Rocha

Ó Lua Cheia, lembra-me teu irmão sol
iluminas a terra até chegar o arrebol.
Solta no espaço com tua luz esbranquiçada
sinto inveja de ti. Por todos és amada!

Às vezes fico pensando em te acompanhar
nem que seja em sonho, e em ti me inspirar.
Tu és sempre apressada, jovem e admirada...
a cada sete dias, você é toda plasmada.

Quanta beleza vês neste passeio pelo Universo!
Inspiradora de amores e dos cantores és o verso.
Lua Cheia, tu és o encantamento dos poetas
a cada fase um sonho a mais despertas.

Segue tua rotina fazendo o mesmo caminho,
fico aqui te esperando, pra receber teu carinho.
Embelezas cidades, campos, praças, tudo em fim.
Por favor Lua, deixe uma ilusão só pra mim!

Santo Antônio de Pádua- RJ

 

 

LUA CHEIA

Humberto Rodrigues Neto

A minha emoção é intensa
ao ver os suaves refolhos
de prata, da lua imensa,
refletidos nos teus olhos!

A tua pureza eu queria
que fosse como a da lua,
que para o sol se atavia
sem pudores de andar nua!

Tão árduo é o modo de amar
que mantemos eu e ela,
que a lua nos vem espiar
pelas frinchas da janela!

No olhar que a noite esquadrinha,
eu procuro a imagem tua
e te encontro sentadinha
na foice prata da lua!

É nos becos da tua rua
que eu quero te namorar,
pra que só o olhar da lua
se atreva a nos espiar!

 

 

LUAR DA SAUDADE!
Wilson de Oliveira Carvalho

Vamos esperar o tempo passar e se
manifestar, e quando ocorrer você vai ver
que estás sozinha, é não haverá nem sombra
daqueles que hoje dizem que te ama!

Você vai ver o que é ser dependente
daqueles que só sabem explorar,
daqueles que só sabem tirar o
sossego da gente.

Espere um pouco, não estou desejando
mal não, tudo vai se concretizar o que
você própria confidenciou em meus ouvidos,
então entenderás o que fez comigo...

Você sabe, eu também, que te amam
porque precisam dos teus préstimos,
quando por saudade do teu repasto reclamam
que estava com saudade de bater papo até a madrugada...

Tenho a convicção que a tristeza invade teu coração
porque sabes que és rejeitada por todos aqueles
que lhe são caros, claro que existem exceções,
por isso não deixe de se comunicar com suas amigas...

Desejo que subas aos inatingíveis cimos, e goze de uma
eterna felicidade, mas tudo isso ocorrerá quando arrostares
a realidade na primeira claridade do luar da saudade...

 

 

LUA VIGILANTE

Tanto me vigia a lua
Na hora de me deitar
Que no seu bom vigiar
Se empoleira sobre a rua.

Que encanto tem sua luz
Numa vigília constante
Luz de mulher e d'amante
Que nos encanta e seduz.

Ai poetas! mas que brilho
Ofuscando os namorados
Nos corpos entrelaçados
Ela é mãe de tanto filho.

Essa lua que eu cantei
Por tantas noites caladas
Faz das trevas bem sonhadas
Quadras que aqui deixei.

MÁRIO MATTA E SILVA

 

 

LOA À LUA CHEIA
Odir Milanez

Lua cheia, vê se cala!
A noite dói mais na gente!
Doura sonhos, simplesmente.
Ó lua cheia, não fala!

No plenilúnio, de gala,
só te procura quem sente
a mágoa de amor ausente!
Ó lua cheia, não fala!

Ronda o céu de mestre-sala,
com teu vestido esplendente,
deixa a tristeza contente!
Ó lua cheia, não fala!

E se a noite te encurrala
junto ao sol, após poente,
não liga ao seu brilho ardente!
Ó lua cheia, não fala!

Amanhã o mar regala,
noitecido o oriente,
teu banho luminescente!
Ó lua cheia, não fala!

Quanto ao triste, que me abala,
que fala em morte somente,
deixa só na minha mente!
Ó lua cheia, não fala!

JPessoa/PB
21.10.2014

oklima

 

 

SEGREDOS DE LUA
Eri Paiva

Majestosa lua que no céu flutua
Sorvendo suspiros dos enamorados
Por que o brilho teu, a claridade tua
Deixam-nos por ti tão apaixonados?

Que segredo em tua esfera escondes
Que te faz assim tão bela e envolvente?
Ah! amada lua amante se me respondes
Eu te revelarei o que minh'alma sente

Em seguras cápsulas de luz prateada,
Quero que guardes em tênues camadas
Todos os segredos que trago em mim.

Eu os revelarei nesta doce madrugada!
E se por acaso, eu chorar oh lua amada...
Seca minhas lágrimas em lenço de cetim.

Natal/RN - Em 21. 10. 2014

 

 

LUA CHEIA

Olhando sempre no céu,
vendo a lua à minha frente,
a saudade despe o véu,
me consola docemente.

Nadir N. Giovanelli

 

 

LUA TUA
Mavi Lamas

Uma noite quente...
serena de encantos a lua tua...
surge linda e solta no céu de minha alma
entre nuvens passeia.desliza na noite nua

Ela especialmente cheia...
enorme,grande e majestosa
o céu apenas pontilhado aqui e ali
por uma dessas estrelas
que a gente nem lembra de contar...
falo baixinho para ti..
Vá até a janela...e espie o céu...
lá tem um presente
que há muito queria te dar...
guarde essa lua
essa noite, esse luar...

Essa magia toda
sai de um lugar assim...
de um beijo terno...de um abraço sincero...
Para seguir em paz o caminho
que nossas vontades escolheram...
Como eu queria...
apagar as estrelas todas
que joguei em cada passo teu.
Mas não posso...
Eu não posso nada.

 

 

LUA CHEIA, A DO BRASIL!
Ógui Lourenço Mauri

Meu Brasil tropical vive uma luta,
"Brilho do sol versus clarão da lua".
Entendo que a noite ganha a disputa,
é o que a massa romântica insinua.

Como é lindo o luar de minha terra
nas noites de brisa primaveril,
lua cheia em seu esplendor encerra
toda a magia dos céus do Brasil.

Encanta-me o panorama estelar
e a lua cheia fazendo o clarão.
Passo muitas horas a contemplar
tal obra divina na imensidão.

Chego ao êxtase com tanta beleza
das noites de celestial aquarela.
Sem a luz do sol, vejo a natureza
sob lua cheia, alumbrada por ela.

Lua cheia, no Brasil, traz saudade,
emoção que só nosso idioma explica.
Machuca o coração de quem se evade
e estilhaça o coração de quem fica.

Ógui Lourenço Mauri
Catanduva (SP), 24/10/2014

 

 

Lua Cheia

Regina Silveira

Quando cai a noite ela aparece
Linda e brilhante clareia o jardim
Os galhos daquela árvore logo mais ali
E ilumina as águas de um mar um pouco
Mais distante
E assim bem romântica e atrevida
Entra pelo vão de uma janela
Sem ser convidada e sem ser vista
Por olhos adormecidos
Passeia pelo quarto e sob a cama
Onde dorme homem amado
Digo a ela faça nele um carinho
Cubra o corpo dele de beijinhos
Beije também boca amada
Invade lua amiga dele os sonhos
Clareia todo caminho toda minha
Chegada
Sonhando ser eu a rainha
Onde ele o rei
Em um vale encantado
Abraço cheio de saudade
Onde Lua cheia
Aplaude na madrugada

Uberaba / Minas Gerais

 

 

Lua Cheia

Cássia Vicente

Lua cheia, redondinha,
cheia de amor e pecadinhos...

Lua cheia, redondinha,
cheia de palavras e palavrinhas...

Lua cheia, redodinha,
cheia de palavras e segredinhos...
Lua cheia, redondinha,
sempre lá na esperinha...

 

 

LUA CHEIA DOS CIGANOS.

Lua de corpo andaluz,
De aroma de terra e fogo,
Eres rainha que ilumina
O caminho dos ciganos.

Lua cheia dos ciganos,
Lua de encanto e magia,
Eu me envolvo em teu feitiço
Até clarear o dia...


(Mónica Urzúa)

 

 

Edição Mara Pontes

 

.~.~.VOLTAR.~.~.