Aqui jaz um poema meu
Faffi (Silvia Giovatto)

Talvez você nem possa imaginar
que neste lago cristalino...
 Jaz um poema meu!
Fiz com muito carinho,
separei letrinha por letrinha,
escolhi palavra por palavra,
procurei  rima onde não tinha...e
 você nem percebeu que o poema era seu.
Feito em sua homenagem
falei de tudo que entre nós aconteceu...
Escrevi numa folha dourada,
te mandei...mas, o correio devolveu!
Fiz um barquinho com o papel....e
joguei nesse lago cristalino.
O barquinho dourado navegou devagarzinho
até  afundar e matar o poema que era seu.
Que pena!
Acho que nessa vai e vem do meu barquinho
meu coração também morreu...
Agora posso afirmar que, além do meu poema...
aqui jaz, um coração que não viveu.

faffi/ Silvia Giovatto
25/03/2008


Aqui Jaz Um Poema
Ilze Soares

No deserto da solidão,
enterrei um poema feito pra voce,
com palavras ditas pelo coração,
com um carinho que só eu sei o porquê..

Era um poema de amor,
que falava de momentos de felicidade,
quando de mim lhe dei o melhor,
mas não houve reciprocidade...

Escrevi na lápide com lágrimas:
aqui jaz um poema
que teve como tema
o amor que minha alma lastima!
 
Formatado por Tere Penhabe
 
 
 
 

 

.~.~.VOLTAR.~.~.