Cai o crepúsculo
com suas sombras mágicas,
despertando estrelas no céu...

Ilze


Luiz Poeta
Luiz Gilberto de Barros
Às 9 h e 22 min do dia 23 de maio de 2009,
com carinho, estima e admiração para minha amada irmã de sentimentos Ilze Soares, meu primeiro poema
após a reinstalação de uma nova placa no meu computador danificado.

Não te despeças, minha amiga, nossas vidas
São complementos de um momento especial ,
onde as palavras mais amadas e sentidas
são avenidas de um amor que afasta o mal.

Tua mensagem tem o dom de transmitir
o que Deus tem para dizer a cada irmão
e é neste ato de te ler e te sentir,
que Ele me fala muito mais ao coração.

O mundo pára, a poesia flui do nada
- não há estrada para o ato de sonhar -
é só chegar tua palavra iluminada
que a tua luz vem se instalar no meu olhar.

O meu poema é apenas um presente
tão pequenino ante um gesto grandioso
de transmitir a quem te entende e que te sente,
o teu amor abençoado e generoso.

Deus te abençoe rica e abundantemente
e que tu tenhas alegria, paz e amor,
para que possas transmitir a tanta gente
esta semente que te oferta o Criador.

 

 

 

 

.~.~.VOLTAR.~.~.