Quando menina,
 
 vivia brincando
 
de ciranda, cirandinha,
 
vamos todos cirandar,
 
  O tempo passou
 
e, menina,  ainda, sou.
 
Não quero ver a vida passar
 
nem deixar de cirandar.
 
Vivo  com muita alegria,
 
 dou meia volta
 
e continuo, sempre, a girar.
 
 Não quero, jamais,
 
 parar de brincar.
 
 
RJ 25/09/10
 
 
 
******************
 
 
Cirandando com Alegria
 
 
Ilze Soares
 
Quando pequena, adorava brincar
de passa anel, de pique ou de roda...
Mas o que mais me agradava
era a ciranda, cirandinha,
que me fazia girar, meia volta dar
e de novo recomeçar...
O tempo passou ...
Hoje, adulta, continuo a cirandar.
São cirandas diferentes,
que enternecem meu coração 
e enchem minh'alma de alegria!
Esqueço dor ou decepção,
acredito num mundo de paz e magia,
onde todos se tratem como irmãos.
Isto é perfeitamente
possivel, nas cirandas de poesias!
 

 
Publicado no Recanto das Letras em 11/05/2011
 
 
 
imagem casalzinho LB Tubes Mists
meninas tubes Nikita
arte Sapeka
 
 
 
 
 
...