Ilze

É de todo impossível definir você. Apenas me ocorre conceber que se você não tivesse vindo aqui na Terra, a mando de Deus, certamente que teria continuado nos Alpes divinos como o anjo reluzente e benfazejo que você sempre foi e eternamente será. É sua missão. É um sacerdócio do Bem.
Suas mensagens têm sabor de mel e aroma das flores de Sharon. Elas detêm a propriedade capaz de nos iinebriar com um fluxo magnético da essência doce, suave: impossível de se achar nestes ermos terráqueos. O olhar desses lírios dos vales é sereno - como você o é -, e contagia-nos com a força poética das mensagens e a iinspiração augusta, provindas das constelações do Criador. Suas mensagens fraternas suprem-nos de alimento espiritual quando o fardo da vida vai se tornando fatigante e às vezes insuportável. Assim, ao energizar-nos o interior, inflama-nos à luta, à percepção nítida de que um ser vivente, chamado Ilze, é, como anjo, também uma estrela luminosa e fulgurante que, vindo de Cima, em missão especial, alenta-nos e dulcifica-nos com eflúvios e manjares celestinos.
Não perco uma só mensagem; não perco uma só poesia; e fico sempre à sua espreita, pois careço desse néctar afortunado de bênçãos para continuar...e continuar...
Deus a proteja sempre nessa renovação de almas, nessa messe messiânica, para que possamos sorver-lhe as delícias que fluem do Alto pelo leito de sua vida.

Beijos e abraços ternos de Ricardo

 

 

.~.~.VOLTAR.~.~.