MINHA CAMINHADA
 
Marcial Salaverry
 
 
 
Sou andarilho, sigo as pegadas
 
de um distante amor...
 
Em minhas caminhadas,
 
sigo sempre procurando o calor de um amor...
 
Talvez esta caminhada
 
me leve em alguma direção...
 
Quem sabe?... Sabemos nada
 
das coisas do coração...
 
Caminho sem parar,
 
buscando um carinho
 
para me confortar...
 
E assim caminho por meu caminho...
 
Talvez encontre uma alma apaixonada,
 
e assim será o fim de minha caminhada...
 
Talvez a força de um desejo,
 
em busca do meu beijo,
 
termine com esta busca sem tino,
 
à procura de meu destino...
 
O que nos reserva o futuro?
 
encontrarei o amor que procuro?
 
Ou seguirei até o final da vida,
 
procurando a alma querida...
 
Seguirei caminhando...
 
O amor procurando...
 
***********
 
FIM DA ESTRADA
                           Carvalho Branco
 
 
Andarilho espacial
       que caminhas por plano astral...
     Por que tanta insegurança,
    se no fundo a esperança
  há muito se fez real?
Esse amor especial
que buscas com tanta ânsia,
existe desde a infância
da primeira humanidade.
Afirmo, sem, pois, vaidade,
que no útero da mãe Terra,
nosso vagido de guerra
gritava com tal fervor,
quão grande era o nosso amor!
Se buscas o meu carinho,
no girar do teu caminho
nas curvas da madrugada,
me encontras em transe, suspensa, parada,
a conter o meu desejo,
saboreando teu doce beijo,
com o qual fui um dia contemplada...
Se no fundo inda duvidas,
não haverá outras vidas
pra satisfazer nosso sonho.
Querido, aqui me ponho
para o nosso grã final:
faz real o ideal!
 
Carvalho Branco          
 
 
 
 
 
           
 
 
 
 
 
..