Lago Verde
 
Ergo os braços para o ceu,
tento as estrelas alcançar...
Da vida sorvo o mel,
a delícia do sol e do vento...
A alegria do amor e da amizade.
No lago verde dos meus olhos,
suave mergulho
para a paz conquistar...
Vivo a felicidade,
sem orgulho
ou tolas vaidades...
 
Ilze Soares
 

 

 

 

 

.~.~.VOLTAR.~.~.