Tantos Medos


Ilze Soares

Ja tive tanto medo

de tudo e de nada!
Hoje, pela vida apaixonada,
desfaço-me deste enredo.
Não tenho mais medo de errar,
nem sempre se consegue acertar...
Não penso mais na morte,
um dia ela vai mesmo chegar,
Consegui meus filhos criar,
adultos de caráter, fortes
e responsáveis por seus atos.
Não tenho mais medo de amar,
de enfrentar decepções e chorar...
Em todas as situações,
só sofre quem se deixa machucar.
Por tudo isso agora entender,
quero mais é bem viver!


Catanduva,01/05/2012

 

Catanduva, 01/05/2012

 

.~.~.VOLTAR.~.~.