Obrigada, Pai, pela minha felicidade.
Ilze Soares

A tarde, cansada,  se desfaz...
O sol se esconde no horizonte, levando o dia.
As estrelas surgem, lindas, faiscantes...
A noite chega suavemente e nela traz
um poema...um sonho... um toque de magia...
E eu, serenamente, cheia de ternura e paz,
agradeço ao Pai por mais um dia...
Obrigada por tudo o que recebi, gratuitamente,
por acréscimo da Sua bondade.
Todos meus sentidos estão perfeitos!
Posso ver este belo entardecer,
o ceu colorido pelos pincéis do Criador...
Ver as flores e toda sua diversidade
de cores, espécies e texturas.
Posso ouvir o canto da brisa,
o som da água corrente,
do vai e vem do mar
ou o doce trinado dos passarinhos...
Posso ouvir a voz da pessoa amada,
quando, baixinho,
fala ao meu ouvido...
Posso correr pela praia,
sentir a areia quente
ou mesmo encharcada,
sob meus pés descalços...
Minha voz entoa cânticos de alegria
na paz deste anoitecer.
E lentamente,
volto a minha realidade...
Obrigada, Pai,
por toda esta felicidade.

 

 


 

 .~.~.VOLTAR.~.~.