Poema Em Ão

Andei na corda bamba da emoção,
sem sombrinha ou rede de proteção.
Desafiei o equilibrio da paixão,
entreguei meu coração...
Hoje, sozinha e em solidão,
não choro, nem falo palavrão.
Sigo com minha missão,
levando a paz, alegria e mansidão.
Pedindo a Deus proteção,
pra mim e a toda multidão.

Ilze Soares

 

.~.~.VOLTAR.~.~.